O Sonho de Ayo

Gratuito

O Sonho de AYO é uma narrativa cheia de belezura, e faz parte da coleção Por uma infância escrevente. Conta um encontro fabuloso de um menino com algumas ancestrais relevantes para a história das populações negras, como Carolina Maria de Jesus e Elza Soares. Na trama, as crianças autoras do Centro Municipal Doutor Djalma Ramos puderam escreviver seus saberes, sentimentos, experiências e expressar, de maneira criativa e delicada, as marcas das territorialidades inscritas em seus corpos, de meninas e meninos, pretas e pretos, que re-existem em contextos periféricos. As crianças, de seus lugares de infância, registraram os tempos e espaços que ocupam, o que pode ser percebido na representação de alguns pratos — que fazem parte de suas e nossas memórias — da gastronomia de diáspora, como a comida de azeite, o mocotó, assim como nos seus desejos em forma de presente. É um conto que sustenta os sonhos de felicidade daqueles que, desde as infâncias, participam de maneira ativa e política na construção do mundo e de suas culturas. O Sonho de AYO, nascido em um bairro que reside sobre a expectativa de uma Vida Nova, é um jeito sensível de segredar, na alma das crianças, a palavra esperançar.

Ladjane Alves Sousa

Descrição

A Coleção Por Infância Escrevivente, nasce através de um projeto de etnopesquisa-ação intitulado Por uma infância escrevivente: práticas de uma educação antirracista no Centro Municipal de Educação Infantil Dr. Djalma Ramos, instituição pública situada no município de Lauro de Freitas/BA, região metropolitana de Salvador. Trata-se de um projeto que, enraizado no chão da escola, na experiência pedagógica de mulheres negras que coloca em evidência percursos formativos construídos de modo coletivo, colaborativo e irmanado ao longo dos últimos anos e se fortalece baseado na materialidade das experiências pedagógicas das intelectuais do coletivo de professoras atuantes no CMEI Dr. Djalma Ramos. A pesquisa foi comtemplada pelo edital Equidade Racial na educação Básica, (CEERT) no ano de 2019. O diálogo das vozes proposto neste projeto se entretece às escrevivências infantis de crianças de 0 a 5 anos, para perguntar, investigar e construir respostas, com a firmeza propositiva necessária a produção de conhecimentos que contribuam para pensar sobre as condições e possibilidades metodologias necessárias para viabilizar experiências da felicidade para as nossa crianças.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.